quinta-feira, setembro 29, 2022
Home Geral Software de IA inovador para a detecção de doenças pancreáticas: a primeira aplicação humana bem-sucedida

Software de IA inovador para a detecção de doenças pancreáticas: a primeira aplicação humana bem-sucedida

by
0 Comente

ACHENMUEHLE, Alemanha 16/5/2022 –

Doenças do pâncreas podem ter sérias consequências para os pacientes e são difíceis de diagnosticar. A detecção precoce é crucial para a chance de sobrevivência do paciente. Na Europa de hoje, mais de 90% dos pacientes morrem de câncer pancreático nos primeiros cinco anos após o diagnóstico. O Medi-Globe Group, uma empresa líder em tecnologia internacional de MedTech com sede em Achenmühle, Baviera, irá, em cooperação com o Institut Hospitalo-Universitaire (IHU) francês de Estrasburgo, desenvolver o primeiro software de IA do mundo para a detecção de doenças do pâncreas no exame de ultrassom endoscópico (EUS). A tecnologia chave aqui é a inteligência artificial. Como parte de estudos clínicos em larga escala antes da introdução no mercado, o software de IA agora entrou em testes clínicos com pacientes, os chamados primeiros aplicativos em humanos.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20220516005565/pt/

The new AI software has the potential to revolutionize the diagnosis of pancreatic diseases. Photo: Medi-Globe Group

The new AI software has the potential to revolutionize the diagnosis of pancreatic diseases. Photo: Medi-Globe Group

“O novo software tem potencial para revolucionar o diagnóstico de doenças pancreáticas e, sobretudo, o diagnóstico de câncer pancreático. Isso seria um sonho para a sociedade como um todo e um marco importante na medicina e na tecnologia médica”, afirmou o prof. dr. Leonardo Sosa Valencia, um dos principais gastroenterologistas do mundo e um dos maiores especialistas na área de detecção de doenças pancreáticas.

O software de IA reúne a experiência clínica dos gastroenterologistas mais experientes do mundo. Ele reúne o conhecimento de inúmeros exames de EUS do pâncreas em um algoritmo e o transforma em uso em ultrassom endoscópico. O conhecimento especializado é usado para treinar uma rede neural de acordo com o método de aprendizado profundo. Para o diagnóstico, é crucial reconhecer áreas patologicamente alteradas no pâncreas em um estágio inicial, para que uma biópsia por agulha fina possa coletar amostras de tecido com precisão para análises posteriores e como base para decisões de terapia.

“Com o software de IA, no futuro, poderemos fornecer aos gastroenterologistas um especialista virtual e dar-lhes a oportunidade de melhorar significativamente os diagnósticos que determinam a terapia. Já foram alcançados resultados muito bons nas primeiras aplicações clínicas. Pequenas lesões foram detectadas, mesmo em casos complexos. Isso dá aos médicos assistentes e, acima de tudo, aos pacientes uma grande esperança de melhoria do atendimento ao paciente a médio prazo”, afirmou dr. Markus Schönberger, diretor de desenvolvimento de negócios do Medi-Globe Group.

Saiba mais sobre o Medi-Globe Group em: https://medi-globe-group.com/

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

comunicações da braun

Stefanie Braun

+49 171 2 888 214

[email protected]

[email protected]

Fonte: BUSINESS WIRE

Deixe um comentário

Sobre Nós

Site totalmente independente, sem apoio partidário ou vínculo com políticos. Aqui somos a voz do povo.

 

@2022 – Todos Direitos Reservados